Firmino tem cláusula 'anti-Arsenal' por conta de Suárez

A edição do jornal britânico "Mirror" desta terça-feira traz uma notícia curiosa envolvendo Roberto Firmino, Liverpool e Arsenal. Explica-se a relação: os Reds assinaram uma cláusula no contrato do atacante que impede a transferência para os Gunners.

A cláusula "anti-Arsenal" garante que Firmino não seja negociado com o time londrino, mesmo que ele arque com o valor de sua multa rescisória, fixada em 82 milhões de libras (cerca de R$ 352 milhões).

O diário traz que o conflito teve início em 2013, quando o Arsenal tentou a contratação de Luis Suárez, que, na ocasião, era o principal jogador e goleador do Liverpool.

À época, a equipe do Emirates Stadium teria oferecido 40 milhões de libras mais uma libra (aproximadamente R$ 138 milhões) para ativar a cláusula de rescisão de Suárez, que seguiu para o Barcelona no ano seguinte, por 65 milhões de libras (R$ 319 milhões).

Em relação a Firmino, hoje é ele um dos principais jogadores do time treinado por Jürgen Klopp, onde está desde a temporada 2015/16.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos