Dupla CR7 e Neymar levou R$ 765 mil para assinar figurinhas

Acostumados a brilharem dentro de campo, Cristiano Ronaldo e Neymar têm chamado a atenção de uma forma diferente. Nesta quarta-feira, de acordo com informações do Football Leaks, que têm sido divulgadas pela revista alemã "Der Spiegel" e pelo jornal espanhol "El Mundo", a dupla fez um insólito acordo com a empresa Panini, famosa por confeccionar álbum de figurinhas.

O astro do Real Madrid recebeu 175 mil dólares (R$ 595 mil) por deixar a sua assinatura em mil figurinhas, em 2015. O atacante brasileiro do Barcelona, por sua vez, embolsou 50 mil de dólares (R$ 170 mil) da Panini para autografar 600 cromos, em 2013.

Além dos detalhes envolvendo figurinhas, Cristiano Ronaldo também foi alvo de outra revelação, que deveria ter ficado em sigilo. O luso, que já tinha visto seu nome vinculado a desvios de dinheiro para paraísos fiscais a fim de evitar a tributação de seus recibos, agora está envolvido em um acordo de confidencialidade explicitado.

De acordo com o polêmico site, Ronaldo tem um acordo de 70 anos de segredo entre ele e seus empregados, os quais não podem falar da vida privada do camisa 7 até "70 anos depois da morte do jogador ou do último dos seus familiares".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos