Boxeador russo perde medalha do Rio-2016

A Corte Arbitral do Esporte (CAS, em inglês) decidiu, nesta quinta-feira, retirar dos resultados de dois atletas participantes da Rio-2016 pegos no exame antidoping, o halterofilista romeno Gabriel Sincraian e o boxeador russo Mikhail Aloyan, ambos medalhistas. A CAS é responsável pelo julgamento de casos de doping relacionados à Olimpíada brasileira.

O resultado do exame de Sincraian, medalhista de bronze na categoria até 85kg, para testosterona exógena já havia sido divulgado em agosto, após o encerramento dos Jogos. O atleta do Casaquistão, Denis Ulanov herdará o terceiro lugar.

Já o doping do medalhista de prata na categoria até 52kg não havia sido revelado. Um estimulante proibido foi detectado no exame. Aloyan conquistou o bronze, na mesma categoria, em Londres-2012 e foi bicampeão mundial (2011 e 2013) na modalidade. O atleta quase ficou de fora da Rio-2016, porém a Associação Internacional de Boxe Amador (Aiba), autorizou a participação dos 10 boxeadores russos inscritos, por não possuírem histórico de doping.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos