Copete quer representar Atlético Nacional e diz: 'Ganharam torcedores'

A Colômbia encantou o mundo e principalmente o Brasil ao prestar tamanha solidariedade aos 71 mortos, incluindo a delegação da Chapecoense, na semana passada, em Medellín. Cerca de 40 mil pessoas foram ao estádio Anastasio Girardot para homenagens. Já neste domingo, quando o Santos enfrenta o América-MG, na Vila Belmiro, pela última rodada do Brasileirão, uma pessoa em especial terá motivos para se orgulhar.

O colombiano Copete, junto de seus companheiros, estampará ao lado do símbolo do Peixe, escudos da Chapecoense e do Atlético Nacional, seu ex-clube. Com uma mistura de orgulho e tristeza, o camisa 36 do Alvinegro quer continuar representando seu povo e ajudar a nova fama dos colombianos.

- Não me surpreendeu. A Colômbia tem boas pessoas, que querem fazer o melhor pelo próximo. Isso faz com que sejam diferenciados. Colômbia foi vinculada às drogas, mas Colômbia é mais do que drogas. Esperamos que o colombiano siga mostrando essa humildade ao mundo.

- Tenho certeza que o Atlético acabou de ganhar mais torcedores do clube porque demonstrou coisas boas dentro e fora do campo. Acredito que torçam pelo Atlético e que façam dar o melhor para serem campeões mundiais - comentou sobre o fato da torcida pelo time colombiano ter aumentado no Mundial de Clubes, que acontecerá ainda em dezembro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos