'Picuinha alguma irá derrubar o Alessandro', avisa diretor do Timão

O diretor de futebol do Corinthians, Flavio Adauto, saiu em defesa do gerente Alessandro Nunes publicamente. Em entrevista ao LANCE!, o chefe direto do ex-lateral-direito afirmou que, apesar da pressão nos bastidores, não há chance de demissão do executivo neste momento.

Alessandro vem sendo muito contestado por pessoas ligadas à política do Timão, como mostrou reportagem do LANCE!. Críticos dizem que ele é lento nas negociações, distante do elenco e ainda seria manipulado pelo seu antecessor no cargo, Edu Gaspar.

- Picuinha alguma irá derrubar o Alessandro. E isso falo em meu nome e em nome do presidente Roberto de Andrade. O Alessandro é leal, competente, capacitado e muito importante para o Corinthians. Nós temos plena confiança nele - afirmou Flávio Adauto.

Além de gostar de Alessandro e seu trabalho, Roberto de Andrade não pretende ceder às pressões para demitir o ex-atleta agora principalmente porque o momento é decisivo para o planejamento alvinegro para 2017. Trocar o comando do futebol neste momento poderia prejudicar a formação do elenco para a próxima temporada, principalmente porque Flávio Adauto está há pouco mais de um mês no cargo de diretor e o presidente corintiano tem outras diversas questões para lidar.

Procurado pela reportagem do LANCE!, Alessandro não quis conceder entrevista, mas disse acreditar que tais comentários a seu respeito têm a ver com o momento turbulento vivido pelo Corinthians nos bastidores (tramita no Conselho Deliberativo um pedido de impeachment contra o presidente, por exemplo). O gerente também afirmou que mantém ótima relação com jogadores e parceiros do clube e que suas atribuições são apenas referentes ao futebol, não à política do Timão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos