Ponte Preta terá mudanças para enfrentar o Coritiba no domingo

A última partida oficial da Ponte Preta no Campeonato Brasileiro de 2016 será marcada por algumas mudanças. Neste domingo, às 17h (de Brasília), diante do Coritiba, no Moisés Lucarelli, em Campinas, a Macaca promoverá a estreia de Felipe Moreira no comando da equipe após a saída de Eduardo Baptista. Para o atacante William Pottker, a mudança não afetará de forma significativa o trabalho da Macaca.

- É a mesma característica de trabalho. O Felipe passa a tranquilidade que o Eduardo já passava. Quanto aos meninos da base, é aproveitar oportunidade. Nesses momentos que acaba ficando em evidência. Tem que aproveitar para conquistar grandes coisas na carreira.

O atacante Zé Roberto, que deve ganhar uma chance neste domingo, elogiou o novo comandante.

- É um cara merecedor. Quando cheguei aqui foi um dos que mais me ajudaram na minha adaptação. É jovem, com toda garra para subir na vida e tem tudo para fazer um ótimo trabalho na Ponte. Tem total apoio dos jogadores. É trabalhador, inteligente e tem tudo para dar certo - afirmou.

Apesar da empolgação do companheiro, William Pottker, que é o artilheiro da Macaca no Campeonato Brasileiro, e que está a um gol de Fred, principal goleador da competição, lembra que a partida contra o Coxa será também uma oportunidade de homenagear as vítimas da tragédia do voo da Chapecoense, após o acidente aéreo na terça-feira da última semana.

- Mesmo disputando artilharia, eu preferia que tivesse acabado o campeonato, porque não tem mais clima. Vinha treinar, olhava para o campo e lembrava de tudo. A gente estava tenso, pensava que tinha que acabar. Mas, hoje com calma, vê que precisa continuar, porque a própria torcida precisa disso. Pelo menos amenizar um pouco do que aconteceu - completou Pottker.

Para a partida diante do Coritiba, a Ponte ainda deve relacionar quatro jogadores da base: o lateral-direito Emerson, o zagueiro Handerson, o volante Marquinhos e o atacante Lyncon. O lado negativo são as ausências de João Vitor e Clayson, suspensos.

O clube também não contará com os goleiros Matheus e César, os zagueiros Douglas Grolli e Tiago Alves, o lateral-esquerdo Reinaldo, o volante Maycon, o meia Galhardo e o atacante Wellington Paulista, que já saíram de férias e, ao que tudo indica, não devem permanecer no Majestoso na próxima temporada.

Desta forma, a tendência é que Felipe Moreira utilize a seguinte formação: Aranha, Nino Paraíba, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Breno Lopes; Wendel, Matheus Jesus e Ravanelli; Zé Roberto, Rhayner e Pottker.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos