'É uma Juve muito difícil aquela que o Porto vai encontrar nas oitavas'

O Porto enfrenta a Juventus nas oitavas de final da Liga dos Campeões, num duelo que traz logo à memória dos mais apaixonados pelos dois clubes a célebre final da Taça das Taças de 1983/84, em que Boniek acabou com o sonho de José Maria Pedroto no comando dos dragões.

É uma Juve muito difícil aquela que a equipe de Nuno Espírito Santo vai encontrar, voltando a enfrentar uma equipe italiana depois de ter eliminado a Roma nos playoffs da Liga dos Campeões. A Juventus de Allegri é cada vez mais refinada e possui um plantel riquíssimo, cheio de boas opções e com dois grandes jogadores para cada posição. Haverá lugar ao sentimentalismo nesta eliminatória, uma vez que o brasileiro Alex Sandro voltará ao Dragão, onde jogou em 2011 e 2015.

Com uma defesa sólida, baseada na experiência de Buffon, Chiellini, Barzagli, Bonucci ou Evra, Allegri ainda contratou Daniel Alves a custo zero do Barcelona, mas viu o lateral brasileiro sofrer uma lesão grave. No meio-campo não faltam soluções: a Juventus vendeu Pogba ao Manchester United por 105 milhões de euros mas não se ressente disso porque tem Khedira, Marchisio, Pjanic, Hernanes, Lemina ou Asamoah. E no ataque há muita qualidade com Dybala, Mandzukic e Higuaín.

Frente ao Porto, a Velha Senhora venceu e empatou na fase de grupos de 2001/02 e ganhou a final da Taça das Taças em 1983/84, por 2 a 1. Será que chegou a hora de Nuno Espírito Santo 'vingar' essas derrotas e enviar os italianos para casa? Veremos em março.

Hugo Neves, do Record (POR), parceiro POOL do LANCE!

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos