Corações a mil! Último ato do BR é marcado por doses de emoções

Várias emoções percorrem os gramados do país afora no último ato do Brasileirão. Até a 38ª rodada, o inusitado deixou sua marca em meio a uma competição marcada por tantas oscilações e competitividade.

Além das comoventes homenagens à Chapecoense, que viu sua rota na Copa Sul-Americana alterada pela trágica queda do avião que transportava a delegação até a Colômbia, o último ato do Brasileirão teve distribuição de sopapos, provocações e muita curiosidade. Confira!

CHAPE, VOCÊ FAZ FALTA!

A ausência de uma Chapecoense que encantou o futebol brasileiro foi sentida muito fortemente. Além da série de homenagens pelos gramados (clique aqui para ver), o duelo marcado entre a equipe catarinense e o Atlético-MG trouxe um WO duplo. Sob o silêncio da Arena Condá, a arbitragem entrou em campo e confirmou a não-realização do duelo.

BAH, VAI TER QUE ME ATURAR!

A expectativa pelo descenso do Internacional à Série B (que acabou se concretizando no domingo) rendeu um "reforço" curioso à torcida do Fluminense. Gremistas que estavam em meio à torcida do Fluminense celebraram o gol do clube das Laranjeiras estendendo a faixa "Inter rebaixado, nada pode ser melhor". A partida ficou empatada em 1 a 1.

PEGA LEVE, GURIA!

Porém, uma das gremistas passou do ponto. A torcedora bateu no vidro do camarote onde estavam os dirigentes do Internacional, e seguranças tiveram que retirá-la do local.

CALOR AÍ, HEIN?

A cabeça do Vitória não estava quente apenas ao falar na luta contra o rebaixamento. A temperatura estava alta em Salvador, a ponto do técnico Argel Fucks ter ensopado sua camisa na derrota por 2 a 1 para o Palmeiras. A equipe escapou graças ao tropeço do Inter.

FOI? NÃO FOI, E RUA!

?

A polêmica entrou em campo no Pacaembu quando Cueva avançou até a área e caiu em uma dividida. A torcida são-paulina pediu pênalti mas, o árbitro apontou simulação e, como o peruano já tinha outro cartão amarelo, foi expulso. Para alento do São Paulo, ao menos veio uma goleada por 5 a 0 sobre o Santa Cruz.

NERVOS PEGANDO FOGO!

O Botafogo quase viu sua vaga para a Copa Libertadores em risco graças a um momento de tensão interno. Airton e Sassá discutiram asperamente e distribuíram tapas. O volante acabou expulso, mas o Fogão garantiu o 1 a 0 o Grêmio na Arena.

MAS TINHA QUE APARECER ISSO?

O Santos vinha garantindo bem uma vitória por 1 a 0 sobre o América-MG e segurando sua vice-liderança mas, nas arquibancadas, torcedores santistas resolveram iniciar uma confusão. Coube à polícia apartar, para evitar que manchasse a partida na Vila Belmiro.

NÃO VAI NÃO, ZAGUEIRÃO!

A comoção marcou o Cruzeiro ao fim da vitória por 3 a 2 sobre o Corinthians. Com despedida do clube confirmada, Bruno Rodrigo foi abraçado pelo restante dos jogadores no centro do gramado do Mineirão.

LOTAÇÃO RUBRO-NEGRA

Embora tenham faltado gols no embate entre Atlético-PR e Flamengo, deu foi muita gente na Arena da Baixada. Foram 35.396 pagantes (e 38.020 presentes) no estádio.

MAGIA DA MACACA

Mesmo com a Ponte Preta apenas cumprindo tabela, William Pottker mostrou que estava com seus poderes de fazer gol em dia. Após estufar a rede, o atacante comemorou gol fazendo menção a Harry Potter.

ENTALADO NA GARGANTA

Uma das equipes que estavam na luta contra o rebaixamento, o Sport fez sua parte em grande estilo. A equipe pernambucana bateu por 2 a 0 na Ilha do Retiro, com direito a desabafo na torcida, que estendeu faixas como "Nunca duvide do Sport".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos