Follmann chega ao Brasil para seguir recuperação: 'Sensação de alívio'

Um dos sobreviventes do acidente aéreo envolvendo o avião da Chapecoense, ocorrido há duas semanas, desembarcou no Brasil. Na madrugada desta terça-feira, o goleiro Jackson Follmann chegou em São Paulo (SP) com alívio, de acordo Marcos Nagli, ortopedista da Chape.

- Ele não tinha expressão. A única coisa que eu vi foi que ele soltou o ar. Ele estava segurando na hora do pouso e, quando pousou, ele soltou um pouco o ar. Então, sem dúvida, uma sensação de alívio - disse Nagli.

Acompanhado da noiva, Follmann foi transportado de Medellín, próximo do local do acidente, em um avião equipado com uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que pousou no Aeroporto de Congonhas à 0h20 (de Brasília). Antes, a aeronave ainda fez uma escala em Manaus.

Aos 24 anos, Jackson Follmann teve parte da perna direita amputada, na Colômbia, e irá seguir seu tratamento no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul da capital paulista. Ele ainda deve fazer uma cirurgia delicada para corrigir uma fratura na coluna cervical, em uma das vértebras.

Além do goleiro, há outros três sobreviventes brasileiros. Dois deles chegam na noite desta terça-feira no Brasil. Tratam-se do jornalista Rafael Renzel e do jogador Alan Ruschell, que pisarão, primeiramente, em solos catarinenses.

Com isso, só restará o retorno do zagueiro Neto, que ainda está internado na Colômbia. Ele ficou sabendo do acidente apenas na última segunda.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos