Marcão valoriza poder ter dado chances aos jovens no Fluminense

O Fluminense entrou em campo nas últimas rodadas do Brasileirão sem grandes pretensões. Não era o cenário esperado por jogadores, comissão técnica e diretoria, mas, com a impossibilidade de chegar à Libertadores, jovens tiveram ganhando mais chances do que aconteceria se o Tricolor estivesse brigando por objetivos maiores.

Contra o Internacional, domingo, Marcão levou 12 "Moleques de Xerém" para Edson Passos, e sete terminaram o jogo, que rebaixou o Colorado, em campo.

Na visão do interino, a experiência de ser relacionado, mesmo que não seja acionado, é positiva para os jogadores que estão subindo das divisões de base.

- Sabemos que o Fluminense revela talentos toda hora. Quando temos a oportunidade de fazer isso acontecer, temos que aproveitar. Ainda tivemos no banco Mateus Norton e o Marquinhos Calazans. Temos que aproveitar essa mescla com os experientes e os de Xerém - comentou Marcão, que volta a ser auxiliar-técnico em 2017.

Marcão avalia que o zagueiro Nogueira foi quem melhor aproveitou a chance entre os titulares. Com as férias antecipadas de Gum e Renato Chaves lesionado, o jovem formou dupla com Henrique nas últimas duas rodadas.

Nogueira, de 21 anos, brigará por mais chances em 2017, e, de acordo com Marcão, as atuações diante de Figueirense e Internacional deixam boas impressões ao novo treinador Abel Braga.

- O Nogueira trabalhou durante todo o ano com muita intensidade, não deixou cair em nenhum momento. Mereceu terminar assim. É seguro. Tenho certeza de que o Abel está vendo, e ele deu o seu recado - disse Marcão.

Sub-20 recém-integrados

Com a antecipação das férias de 12 jogadores no dia 2 de dezembro, o Flu buscou no time sub-20 quatro jogadores para integrar o elenco na preparação para o jogo contra o Internacional. São eles: zagueiro Guilherme Crepaldi e Alex, o lateral-esquerdo William e o meia Pedrinho. A permanência deles no grupo principal ainda está indefinida.

Com moral e garantidos

Wellington, Douglas e Gustavo Scarpa são as revelações de Xerém que terminam o ano como titulares incontestáveis no Fluminense. Marcos Junior, Pedro e Nogueira também fazem parte do planejamento inicial para a temporada. Os três tiveram chances, mas não se firmaram como titulares, assim como o lateral-direito Igor Julião.

Sem chances em 2016

O zagueiro Alan Fialho, que defendeu o Arka Gdynia, da Polônia, no primeiro semestre, e o volante Marlon Freitas treinaram com o elenco principal, mas não chegaram a entrar em campo pelo Fluminense neste ano. Os dois têm contrato e podem seguir no clube em 2017, assim como o volante Mateus Norton e o meia-atacante Marquinhos Calazans, que passaram a treinar com o time principal a partir de outubro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos