Fotos! Relembre os brasileiros que brilharam no Mundial de Clubes

Brasileiros seguem balançando as redes no Mundial de Clubes. Desde 2000, quando a Fifa passou a organizar o torneio, apenas em duas edições jogadores brazucas não anotaram gols: em 2012, o Corinthians foi campeão com dois tentos do peruano Paolo Guerrero e, em 2014, o campeão foi o Real Madrid, novamente sem brasileiro marcando.

Nesta temporada, Ricardo Nascimento ficou marcado negativamente ao empurrar contra seu próprio gol, na derrota do Mamelodi Sundowns, da África do Sul, por 4 a 1 para o Jeonbuk Motors, da Coréia do Sul. Na edição anterior, o meia Paulinho, do Guangzhou, da China, fez o tento que classificou sua equipe à final diante do Barcelona.

Em 2009, o atacante Denilson fez quatro gols na campanha do Pohang, da Coreia do Sul, e estabeleceu o recorde de gols do país no torneio. Dividem o segundo lugar Romário, Ronaldinho Gaúcho e Washington. Romário fez três gols pelo Vasco, na primeira edição, em 2000. Já o meia marcou por Barcelona (2006) e Atlético-MG (2013), mas terminou a competição sem conquistar o título. Washington, o Coração Valente, também fez três pelo Urawa Reds, do Japão, em 2007.

Goleadores em 2000, Edmundo e Edilson estiveram nos elencos de Vasco e Corinthians, respectivamente. O Animal fez seus gols contra South Melbourne e Manchester United, enquanto o Capetinha marcou contra o Real Madrid.

Amoroso marcou pelo São Paulo contra o Al Ittihad, da Arábia Saudita.

Alecsandro, Adriano, Amoroso, Edmundo, Edílson e Fernando Baiano outros brasileiros que deixaram suas marcas na competição. Cada um deles soma dois gols em jogos válidos pelo Mundial de Clubes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos