Na volta ao Vasco, Anderson Barros traz currículo com ampla experiência no futebol

Anunciado como novo gerente de futebol do Vasco, Anderson Barros é um velho conhecido na Colina, embora nunca tenha atuado como dirigente profissional no clube. Essa não é a primeira vez que ele trabalha no Vasco. No início de sua carreira, o gerente passou pelo time de futsal do clube. Depois, seguiu para o Flamengo e foi responsável pela ida do técnico Zé Ricardo para a Gávea. No rubro-negro, se tornou gerente de futebol em 2005, mas pouco tempo depois de assumir o cargo, disse, em coletiva, que ainda não estava pronto e deixaria o posto. O ato resultou em um ano turbulento para o novo dirigente.

Além de Vasco e Flamengo, Anderson já fez parte do Botafogo, onde ficou até 2012. Em São Januário, inclusive, vai reencontrar seus antigos parceiros de Glorioso, como Andrezinho e Marcelo Mattos, o fisioterapeuta Alex Evangelista e a psicóloga Maíra Ruas.

A saída de Anderson do Botafogo foi polêmica. Na época em que atuava como gerente no Alvinegro, passou por diversos problemas com Maurício Assumpção, presidente do clube na época, que chegou a chamá-lo de "fraco" e disse que ele era o culpado pelas derrotas que o Botafogo estava acumulando. O dirigente deixou o clube. Seedorf, camisa 10 do time, tentou contornar a situação e pediu ao presidente para repensar sua decisão, o que não aconteceu. No Botafogo, foi responsável pela contratação de jogadores importantes para a história do clube como Herrera, Loco Abreu, Jobson, Lodeiro, Maicosuel e Elkeson. Também esteve presente nas conquistas da Taça Guanabara (2009), Campeonato Carioca (2010) e Taça Rio (2012).

O gerente passou pelo Sul e Nordeste também. Entre 2006 e 2008, Anderson trabalhou no Figueirense e conquisou dois campeonatos estaduais. Depois, o gerente passou por Bahia, Coritiba e Vitória. Esteve integrado no Rubro-Negro de Salvador durante dois anos e participou da volta à Série A. Entre as coisas marcantes que fez pelo Vitória, pode ser destacada a contratação de Marinho. O atacante teve um dos melhores desempenhos do Campeonato Brasileiro de 2016.

No Bahia, Anderson trabalhou com Cristóvão Borges e vai reencontrá-lo em sua volta ao Vasco, em 2017.

Além da novidade da contratação de Anderson Barros, Euriquinho, filho de Eurico Miranda, se torna vice-presidente de futebol do Vasco. Já acostumado com as negociações e rotinas do time, o herdeiro do Gigante da Colina foi anunciado como vice essa semana. O cargo estava desocupado desde a saída de José Luis Moreira, em 2015.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos