Prefeitura negocia estádio para evitar saída do Raiders de Oakland

Após provável volta a Los Angeles e uma possível transferência para Las Vegas, o Oakland Raiders pode permanecer na cidade. A câmara municipal aprovou na noite de terça-feira negociações para a construção de um novo estádio, com orçamento de US$1,3 bilhões (R$ 4,3 bilhões).

O projeto, liderado pelos ex-jogadores Rodney Peete e Ronnie Lott, membro esse do Hall da Fama, visa evitar a mudança do time. A prefeitura arcaria com US$350 milhões (R$ 1.169,5 milhões).

Uma votação sobre a transferência para Las Vegas será realizada em janeiro. Para ser aprovada, ela precisará de 24 votos dos 32 donos de franquias da NFL.

Mark Davis, dono da equipe, abriu negociações com o município de Nevada por estar insatisfeito com a indisposição de New Oakland, que não se mostrou disposta a ajudar na construção de um estádio.

O Raiders solicitou à NFL o retorno a Los Angeles, onde jogou no período de 1982- 1994, ao mesmo tempo em que mais três franquias também queriam se transferir para lá.

Depois, Davis se aproximou de um acerto com Las Vegas. Lá, conseguiu com o estado de Nevada uma ajuda de US$750 milhões (R$2505,45 milhões) e que o dono de cassinos Sheldon Adelson pagasse US$650 milhões para a construção de um estádio de US$19 bilhões (63 bilhões), que seria dividido com o time de futebol americano da Universidade de Nevada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos