Rueda considera erro de vídeo, mas não vê grande influência na derrota

Técnico do Atlético Nacional, Reinaldo Rueda afirmou que sua equipe foi prejudicada pelo polêmico recurso do vídeo, na marcação de um pênalti a favor do Kashima Antlers, adversário do time colombiano, nesta quarta-feira, pelas semifinais do Mundial de Clubes.

O comandante verdolaga, no entanto, não depositou a culpa do revés, por 3 a 0, na tecnologia - usada de forma inédita pela Fifa, no Yokohama Stadium, nesta manhã. O árbitro responsável foi Viktor Kassai.

- Nós tínhamos falado sobre a situação do uso do vídeo e lamentavelmente o Orlando (Berrio) colidiu acidentalmente com o adversário, que caiu no chão. O placar adverso nos desorganizou, e nós acabamos nos precipitando, quando sempre nos caracterizamos pela busca ao gol adversário de forma organizada. Não podemos sentenciar que perdemos para a tecnologia. Hoje fomos vítimas desta novidade, mas, com o 1 a 0 adverso, acredito que poderíamos virar o placar - analisou Rueda, que ainda lamentou as diversas chances desperdiças por seus comandados:

- Acho que criamos tantas chances de forma tão fácil que tivemos um excesso de confiança. Não tivemos a eficiência necessária para jogos diante de equipes tão fechado e disciplinadas como o Kashima.

Com a surpreendente vitória ante os colombianos, o Kashima Antlers agora espera o vencedor do confronto entre Real Madrid e América do México, a ser realizado nesta quinta-feira, às 8h30 (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos