Mentor de Sidão exalta força e técnica do agora goleiro do São Paulo

O São Paulo anunciou nesta segunda-feira a contratação do goleiro Sidão, de 33 anos. Ganhou um profissional que trabalha bem com os pés, principal motivo pelo qual foi indicado por Rogério Ceni, mas não só. Profissionalismo, liderança e outros recursos técnicos para um arqueiro também estão entre suas características, de acordo com Leandro Idalino, preparador de goleiros de Sidão no Osasco Audax.

O depoimento de Idalino é importante porque foi no Audax, do estilo peculiar do técnico Fernando Diniz, que Sidão desenvolveu a característica que mais chamou a atenção de Ceni: o jogo com os pés.

- O Fernando Diniz dá muito enfoque a essa parte de saída de bola. Os times quando vem enfrentar a gente treinam uma semana só dessa maneira, e a gente treina o tempo inteiro, há anos. Então, o Sidão joga de olho fechado assim. E com uma vantagem: tem facilidade para jogar com as duas pernas - disse o preparador, ao LANCE!.

Mas se precisar jogar a bola mais longa, o experiente goleiro vice-campeão paulista deste ano e destaque do Botafogo no Campeonato Brasileiro também sabe.

- Ele tem velocidade na bola curta, precisão na bola média e longa. Dizem aqui que não podemos dar o chutão, mas na primeira final ele bateu uma bola longa de voleio e deixou nosso atacante em plena condição de marcar - afirma.

Sidão assinou contrato de dois anos e recebeu elogios de Ceni.

- A chegada do Sidão vai aumentar ainda mais a competição pela posição e isso é muito importante - disse Ceni, ao site oficial do clube.

A concorrência será com Denis, titular este ano, e Renan Ribeiro, que se recupera de lesão em um dedo da mão esquerda. A briga começa na pré-temporada nos Estados Unidos, a partir do próximo dia 6.

Análise de Leandro Idalino, preparador de goleiro do Audax

"O São Paulo fez uma contratação e tanto. O Sidão era um goleiro da minha total confiança. Mesmo reserva, tinha uma liderança muito grande e positiva sobre o grupo. A postura dele fora de campo chama muito a atenção. Além de líder, é muito carismático. É muito difícil não gostar do Sidão.

Falam da idade dele, mas está numa idade ótima. Num estado de saúde fantástico, porque é um cara que se cuida, que tem uma genética muito boa. Tem muita força. E sobre a questão dos pés, no mercado não há goleiros tão preparados como os do Audax para desenvolver essa habilidade. É um trabalho de longa data. Os goleiros estão inseridos em longos trabalhos, especificamente. Sempre procuro criar situações para desenvolver isso. A gente torce para ele se firmar, e conseguir suprir essa lacuna que o Rogério deixou."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos