Reforços e limite de inscrição podem obrigar Santos a liberar estrangeiros

  • Divulgação/santos FC

    Vecchio pode ser dispensado do Santos

    Vecchio pode ser dispensado do Santos

Interessado nas contratações dos gringos Néstor Camacho, Juan Cazares, Alejandro Guerra e Orlando Berrío, o Santos pode ter de abrir mão de algumas negociações ou até mesmo de jogadores que já estão no elenco para contemplar os possíveis reforços.

Isso porque a CBF permite que apenas cinco jogadores estrangeiros sejam relacionados por partida nas competições organizadas pela entidade. Além dos quatro estrangeiros que interessam para a próxima temporada, o Santos já conta no plantel com Noguera, Vecchio, Copete e será reforçado pelo colombiano Vladimir Hernández, que já assinou pré-contrato e se apresenta ao clube em janeiro.

Com isso, existe apenas mais uma vaga aberta para quatro 'postulantes'. Se o Santos acertar com dois dos quatro estrangeiros que estão em negociação, um jogador do atual elenco de Dorival Júnior terá de ser negociado. E a solução parece fácil de ser encontrada.

O "escolhido" pode ser o argentino Vecchio. O jogador já foi sondado pelo Unión Española, do Chile, clube onde já atuou. O meia, que chegou ao Santos no meio deste ano, foi pivô de polêmica com Dorival ao reclamar nas redes sociais por não ter sido relacionado após se recuperar de lesão. O alvinegro não se opõe à sua liberação.

Neste ano, o Santos teve Patito Rodríguez, Joel, Valencia, Noguera, Vecchio e Copete preenchendo as vagas de estrangeiro. O primeiro, porém, foi liberado antes do fim do Estadual para o futebol da Grécia. Joel retorna de empréstimo ao Cruzeiro e o colombiano Valencia foi dispensado e está sem clube.

Quer receber notícias do Santos de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos