COI abre processo contra 28 atletas russos que competiram em Sochi-14

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta sexta-feira que abriu processo disciplinar contra 28 atletas russos por evidências de manipulação de uma ou mais amostras de urina coletadas durante os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi (RUS), em 2014.

A entidade se baseou nas revelações feitas pelo relatório professor Richard McLaren, encomendado pela Agência Mundial Antidoping (Wada), cuja segunda parte foi divulgada no começo de dezembro. Os nomes dos esportistas não serão divulgados por enquanto.

O esquema russo já beneficiou mais de mil atletas de 30 esportes de verão, inverno e paralímpicos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos