Nos pênaltis, Milan supera Juventus e vence a Supercopa da Itália

Nesta sexta-feira, Juventus e Milan fizeram um jogo equilibrado na decisão da Supercopa da Itália e ficaram no 1 a 1 no tempo regulamentar. Nos pênaltis, o Milan levou a melhor, contando com uma defesa de Donnarumma na última cobrança e conquistou seu sétimo título da competição. O jogo aconteceu no Jassim Bin Hamad Stadium, em Doha, no Catar.

As equipes agora voltam à campo no dia 8 de janeiro, pela 19ª rodada do Campeonato Italiano. A Juve, líder da competição, encara o Bologna em casa. Já o time de Milão, em quinto, pega o Cagliari no San Siro.

O JOGO

As equipes começaram a partida com bastante cautela, no entanto, a Juve mostrou sua superioridade nos minutos iniciais e criou mais chances de perigo ao gol de Donnarumma. O goleiro defendeu uma boa chance de Sturaro aos 17 minutos, mas não conseguiu evitar o gol de Chiellini no lance seguinte, após cobrança de escanteio de Pjanic.

Os Rossoneri não conseguiram explorar o meio de campo e apostavam muito nas ligações diretas. A Velha Senhora perdeu o brasileiro Alex Sandro, lesionado, aos 32 minutos. Evra entrou em seu lugar. A equipe de Milão melhorou nos últimos minutos e conseguiu deixar tudo igual no placar aos 38. Bonaventura, que tentava encontrar seu melhor posicionamento na partida, aproveitou o cruzamento de Suso e mandou para o fundo das redes.

A segunda etapa seguiu a tônica da primeira e as equipes voltaram intensas, com jogo brigado no meio de campo. O Milan permitiu alguns espaços perigosos para a Juventus criar oportunidades e levar perigo, mas criou a melhor chance, com Bacca. A Velha Senhora perdeu mais um jogador lesionado, Sturaro, que deu lugar a Lemina aos 33 minutos.

O placar seguiu empatado graças às atuações dos dois goleiros, que impediram algumas oportunidades e mantiveram a emoção até os minutos finais da partida. Nenhum dos times se entregou e ambos se apresentaram bem em campo, buscando o gol. Porém, não foram eficientes e o jogo foi para a prorrogação.

Logo no início da prorrogação, o time de Milão já perdeu uma ótima oportunidade, Bonaventura soltou uma bomba à queima roupa, Buffon fez grande defesa, mas a bola sobrou para Bacca na frente do gol. O atacante demorou para finalizar e Chiellini conseguiu chegar junto.

Aos seis minutos do segundo tempo da prorrogação, Evra marcou para os alvinegros, mas estava em posição irregular. Dybala também desperdiçou uma ótima chance aos dez minutos. A disputa acabou indo para os pênaltis, Lapadula parou nas mãos de Buffon, mas Mandzukic acertou a trave logo na cobrança seguinte. No último pênalti, Donnarumma fez uma bela defesa na batida de Dybala e Pasalic marcou o gol do título.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUS 1 (3) x (4) 1 MILAN

LOCAL: Jassim Bin Hamad Stadium, em Doha, Catar

DATA/HORÁRIO: 23/12/2016, às 14h30

ÁRBITRO: Antonio Damato (ITA)

CARTÕES AMARELOS: Lichtsteiner (JUV), Higuaín (JUV), Romagnoli (MIL), Kucka(MIL), De Sciglio (MIL)

CARTÕES VERMELHOS: -

GOLS: Chiellini (18'), Bonaventura (38')

?

JUVENTUS: Buffon; Lichtsteiner, Rugani, Chiellini, Alex Sandro (Evra); Khedira, Marchisio, Sturaro (Lemina); Pjanic (Dybala); Mandzukic, Higuain. Técnico: Massimiliano Allegri.

MILAN: Donnarumma; Abate (Antonelli), Paletta, Romagnoli, De Sciglio; Kucka, Locatelli (Pasalic), Bertolacci; Suso, Bacca (Lapadula), Bonaventura. Técnico: Vincenzo Montella.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos