Vagner Mancini crava data para que elenco da Chape esteja remontado

Nesta segunda-feira, o novo treinador da Chapecoense, Vagner Mancini, cravou uma data para que o time da Chape esteja reconstruído. Ele afirmou que espera contar com 99% do novo elenco no próximo dia 10 de janeiro.

-Eu espero que até o dia 10 de janeiro nós já tenhamos 99% da equipe. Não falo em 100% porque ao longo do ano essa equipe vai ser modificada, assim como outras equipes do país. Pode ser que a gente erre em alguma coisa, mas a vontade é que os erros sejam mínimos - comentou Vagner Mancini.

O treinador começa os trabalhos no próximo dia 03, quando o clube se reapresenta na Arena Condá. A temporada de 2017 reserva uma agenda cheia à Chapecoense, que disputará a Primeira Liga, Libertadores, Catarinense, Brasileirão e Recopa.

A estreia é no dia 25 de janeiro, contra o Joinville, na Arena Joinville, na estreia da Primeira Liga. Ciente desse desgaste, o comandante comentou sobre as dificuldades para montar um elenco competitivo.

- Esses atletas podem demorar um tempo maior para se entender dentro de campo. A gente pede um pouco de paciência. Eu conto muito com o lastro de cada atleta, que já tenham passado por aspectos táticos, ou aspectos técnicos para que a gente possa rapidamente montar uma equipe. Dia 25 de janeiro nós já vamos jogar. É necessário que a gente já tenha uma evolução desses atletas que vão se apresentar no início de janeiro até o dia 25. Então, para isso, nós vamos ter que trabalhar bastante. Eu não tenho dúvida em afirmar que todos aqueles que vão fazer parte da Chape em 2017 vão vir com esse pensamento- afirmou o técnico.

Por fim, Mancini explicou o estilo de jogo que quer dar à Chape no próximo ano.

-O mais importante quando você monta uma equipe é você analisar as características dos jogadores que você tem à disposição e montar um esquema de jogo. Mais importante que isso é você ir atrás de jogadores que tenham perfil de entrega em campo, aqueles que tenham o lado técnico que saibam jogar futebol, que entendam a parte tática, mas, acima de tudo, que honrem a camisa que estão vestindo. Eu posso assegurar a vocês que se a Chapecoense tiver que suar sangue, ela vai suar dentro de campo, porque o torcedor quer ver isso, que ver essa entrega. Eu realmente gosto de times competitivos e não tem como ser um time competitivo que não tenha vibração, que não tenha fibra. O princípio básico de uma equipe é essa- completou.

Até o momento, a Chapecoense já fechou com quatro reforços: o goleiro Elias, do Juventude; o atacante Rossi, que vem do Goiás, o zagueiro Douglas Grolli, do Cruzeiro e com o volante Dodô, do Atlético-MG.

Além do quarteto, a Chape tem mais outras três negociações bem encaminhadas: o lateral-direito Zeballos, do Defensor(URU), o volante Moisés, do Grêmio, o atacante Wellingron Paulista, do Fluminense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos