Bradley Wiggins anuncia aposentadoria

Considerado o melhor ciclista olímpico da história, o britânico Bradley Wiggins anunciou sua aposentadoria nesta quarta-feira, através do Facebook. Dono de oito medalhas olímpicas, sendo cinco de ouro, o recordista em conquistas na história da modalidade dedicou 20 anos às pistas de velocidade.

- Eu fui sortudo o suficiente para viver um sonho e atingir meus sonhos de infância ao ter uma vida e uma carreira no esporte pelo qual me apaixonei aos 12 anos. Eu encontrei meus ídolos e pedalei com os melhores por 20 anos. Eu trabalhei com os melhores técnicos e chefes de equipe do mundo, e sempre serei grato ao apoio deles. - escreveu Wiggins em sua conta no Facebook.

Ele também agradeceu o apoio da família.

- O ciclismo me deu tudo e eu não poderia ter conseguido isso sem o apoio da minha maravilhosa esposa Cath e as minhas incríveis crianças. 2016 é o fim da estrada deste capítulo.

Aos 36 anos, Wiggins encerra uma carreira gloriosa, que iniciou em 1998, com a sua primeira conquista internacional, Mundial Júnior de Ciclismo de Pista (perseguição individual) até o ouro olímpico na Rio-2016, na perseguição por equipes. A grande fama do atleta também advém de sua grande capacidade de adaptação, já que disputou, e foi bem sucedido, tanto na pista quanto na estrada.

Sua aposentadoria já era esperada. Durante o Seis Dias de Ghent, na Bélgica, um torneio de duplas, em novembro, o britânico já havia divulgado que esta seria sua última competição como profissional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos