Leicester disponibiliza mais R$ 120 milhões para técnico evitar queda

  • Nigel Roddis/EFE/EPA

    Ranieri quer um zagueiro, um volante e um atacante para reforçar elenco

    Ranieri quer um zagueiro, um volante e um atacante para reforçar elenco

Após conquistar a Premier League na última temporada, o Leicester gastou 62,5 milhões de libras (R$ 250 milhões) na última janela de transferências para fazer bonito na defesa do título inédito e na disputa da Liga dos Campeões. No entanto, apesar do montante, a campanha no Inglês é preocupante e os Foxes correm sério risco de rebaixamento. Para evitar a queda, a diretoria avisou que o técnico Claudio Ranieri terá mais 30 milhões de libras (cerca de R$ 120 milhões) para usar com reforços.

O Leicester está na modesta 16ª colocação do Campeonato Inglês, com 17 pontos, apenas três a mais que o Sunderland, primeiro time na zona da degola. Na Liga dos Campeões, contudo, a equipe ficou em primeiro no seu grupo e vai pegar o Sevilla nas oitavas de final.

O primeiro jogador que será anunciado pelo time inglês é o do nigeriano Wilfred Ndidi, que atua no Genk, da Bélgica. O volante, de apenas 20 anos, custará 18 milhões de libras (R$ 72 milhões) e será oficializado pelo clube na primeira semana de janeiro.

De acordo com o jornal "Daily Telegraph", o técnico Ranieri quer um zagueiro, um volante e um atacante para o Leicester. Essas posições são consideradas carentes pelo treinador italiano.

Além disso, Ranieri está preocupado com os desfalques que o Leicester terá em janeiro, devido à disputa da Copa Africana de Nações. Nomes como Slimani, Mahrez (ambos da Argélia) e Amartey (Gana) devem ser convocados, prejudicando a equipe.

O Leicester volta a atuar no sábado, dia 31 de janeiro, em casa, contra o West Ham. É a última rodada do primeiro turno.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos