Dois anos, custo zero e mais barato que Michel: Cícero é do São Paulo

Cícero será jogador do São Paulo. O clube paulista, inclusive, espera definir as últimas pendências burocráticas a tempo de anunciar a quarta contratação para 2017 ainda nesta semana. E o formato com o qual o negócio foi fechado é motivo de comemoração no Morumbi, tanto pelo tempo de contrato quanto pelo dinheiro que será investido em toda operação.

O meio-campista de 32 anos ficará no Tricolor Paulista por duas temporadas e o Fluminense não receberá nenhum ressarcimento pela transferência por empréstimo. O clube carioca levou em conta o delicado momento financeiro que enfrenta e aceitou liberar o jogador para aliviar a folha salarial. Os vencimentos agora serão repartidos com o São Paulo.

Estima-se que o salário de Cícero nas Laranjeiras girava em torno de R$ 400 mil. Os paulistas devem arcar com valor entre 60% e 70%, ficando bem abaixo do teto de R$ 350 mil imposto pela diretoria. Com a saída de Michel Bastos, que está prestes a assinar a rescisão, a diretoria tricolor ganhou fôlego para um reforço com vencimentos mais altos.

Nas quatro contratações feitas para a próxima temporada, o São Paulo precisou pagar por apenas uma delas. O goleiro Sidão custou R$ 600 mil, segundo o diretor financeiro Adilson Martins, a serem quitados junto ao Osasco Audax em seis parcelas.

O mesmo dirigente afirmou que o orçamento para reforços é de R$ 17,5 milhões para 2017, mas que pode ser incrementado no caso de algum atleta do elenco ser negociado na janela de transferências europeias.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos