Hull City leva empate no fim, mas deixa a lanterna da Premier League

O Hull City perdeu grande chance de dar uma respirada no Campeonato Inglês. A equipe levou um gol no fim e acabou cedendo o empate ao Everton em 2 a 2. Apesar do tropeço em casa, o time deixou a lanterna, mas ampliou para oito jogos de jejum de vitórias na competição.

Com o resultado, o Hull ficou na 19ª colocação, ainda na zona de rebaixamento, com 13 pontos. Já o Everton está na sétima posição, agora com 27.

Em casa e precisando desesperadamente da vitória, o Hull City foi para cima logo no início. E a pressão surtiu efeito. Snodgrass bateu escanteio, Davies desviou e Dawsen escorou para abrir o placar.

Atrás do marcador, o Everton foi para cima e conseguiu criar algumas boas chances. A melhor delas após cruzamento de Barry, que Coleman mandou na trave. Contudo, nos acréscimos do primeiro tempo, o time de Liverpool empatou. Após cobrança de escanteio, Marshall saiu mal e acabou jogando para o próprio gol.

O arqueiro do Hull City iniciou a etapa final se redimindo do gol contra. Em lance de Lukaku, ele fez ótima defesa e a bola ainda explodiu no travessão. Logo depois, foi a vez de Barkley testar o goleiro.

Quem também acertou a trave foi Snodgrass, em cobrança de falta. Era apenas o prenúncio do que vinha a seguir. Novamente em bola parada, o camisa 10 colocou no ângulo, sem chance para Robles, para colocar o Hull em vantagem.

O técnico Ronald Koeman colocou o Everton para frente após ficar atrás do placar. Os Toffees tentavam de várias formas, e o Hull conseguia se livrar do perigo. Mas em uma bobeada da defesa, os visitantes empataram. Em cruzamento de Baines, Barkley cabeceou no canto, sem chances para Marshall.

No fim, o Everton quase conseguiu a virada, mas o jovem Lewin cabeceou para fora após bom cruzamento vindo da direita.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos