Campeã da São Silvestre se diz surpresa com recorde

Além de faturar seu segundo título em solo brasileiro, o primeiro foi o ouro na maratona feminina na Rio-2016, a queniana Jemima Sumgong quebrou o recorde da São Silvestre ao completar seus 15 km em 48min34s. A mais nova campeã do último evento do calendário esportivo de 2016, contudo, acreditava que teria mais dificuldades, já que está acostumada a percorrer distâncias bem maiores.

- Não pensei em quebrar recorde. Eu vim forte para ganhar e, para mim, foi uma surpresa quando vi que havia batido - declarou em entrevista coletiva.

Mesmo com uma distância considerável para a segunda colocada, a compatriota Flomena Cheyech (quase 1 min de diferença), Jemima admite que teve dificuldades para vencer.

- Estava muito quente e muito difícil, mas eu consegui imprimir uma boa velocidade e estou satisfeita com a vitória. Quero agradecer ao apoio dos brasileiros, que foram acolhedores e me apoiaram todo o tempo.

A queniana ainda relevou sua paixão pelo Brasil, local que visita pela segunda vez.

- O Brasil está no meu coração. Vim aqui e ganhei na Rio-2016 e agora venci em São Paulo. Sempre será um prazer vir aqui.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos