Pressão e sonhos: Flamengo começa 2017 mirando voos mais altos

  • Reprodução

O Flamengo começa o ano de 2017 tomado pela esperança de títulos em meio à obrigação de conquistar melhores resultados do que em 2016. O Rubro-Negro acumulou quatro eliminações em competições mata-mata na temporada anterior, mas chegou a sonhar com o título do Campeonato Brasileiro, no qual terminou como terceiro colocado. Apesar desta última boa impressão, o clube da Gávea tem consciência de que não pode ficar somente no quase de novo.

Para conseguir os tais voos mais altos em 2017, o Flamengo manteve a base do elenco do ano passado. O lateral-esquerdo peruano Miguel Trauco foi o primeiro e até agora o único reforço confirmado para esta temporada. No entanto, pelo menos outras três peças ainda serão contratadas. O atacante Marinho e o volante Rômulo têm negociações avançadas com o Rubro-Negro. Os meias Conca e Marcos Guilherme também negociam com o Fla. Vitinho interessa, mas é um sonho distante.

Oficialmente, o Flamengo volta aos campos no próximo dia 29, quando enfrenta o Boavista, pelo Campeonato Carioca. Este será o primeiro teste da equipe de Zé Ricardo, que ainda deve fazer alguns jogos-treino durante a pré-temporada.

O treinador, aliás, agora terá novos desafios. Se antes ele impressionou ao melhorar o rendimento da equipe no início do trabalho, agora precisa conquistar títulos. O comandante não chega a ser uma unanimidade entre os torcedores, mas têm a confiança de boa parte dos rubro-negros e também da diretoria.

Os garotos da base que foram pouco utilizados em 2016 agora podem ganhar mais espaço. Pelo menos, é isso o que afirma a diretoria. Matheus Savio, Lucas Paquetá e Felipe Vizeu foram integrados ao elenco profissional durante a temporada anterior e chegam com mais bagagem.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos