Guardiola, sobre aposentadoria: 'Não vou ser treinador com 60 ou 65 anos'

O técnico Pep Guardiola deu uma declaração curiosa nesta segunda-feira após a vitória do Manchester City por 2 a 1 sobre o Burnley, no Etihad. Em entrevista à rede "NBC", o treinador afirmou que está perto de encerrar a carreira. Ele disse ainda que não seguirá no futebol se notar que não está evoluindo.

- O que eu quero é imaginar que o próximo passo será melhor. Se não, não estarei aqui. No momento que eu sinta, e estou um pouco nesse processo, que é o final da minha carreira... - comentou.

Guardiola garantiu que vai cumprir o seu contrato com o City, que é de três anos. Mas depois disse que pode não seguir mais no futebol.

- Não vou ser treinador com 60 ou 65 anos. No Manchester City serão três anos ou mais, mas estou me aproximando do final da minha carreira como treinador. Estou seguro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos