Nutricionista crê em 50% de chances de Ronda voltar a lutar no UFC

Enquanto Ronda Rousey ainda absorve a frustração de somar mais uma derrota traumática dentro do octógono do UFC, membros de sua equipe tentam prever o que será do futuro da estrela americana. Segundo Mike Dolce, nutricionista da atleta, a chance dela seguir lutando ou se aposentar é de 50% para cada opção.

Em participação no programa The MMA Hour, Dolce avaliou o estado psicológico da americana após o novo revés, o comparou com o momento pós-derrota contra Holly Holm e deu sua opinião sobre o futuro.

- Não ficaria surpreso com nenhuma das duas opções. Se ela disser: "Quero voltar para o fim de semana do SuperBowl ou o card de 4 de julho", eu não ficaria surpreso. Se ela disser: "Estou satisfeita com o MMA, vou me aposentar como uma lenda do esporte, especialmente o MMA feminino, não ficaria surpreso também. Acho que agora as chances são de 50% para cada lado - explicou o nutricionista. Acho que vai levar um tempo (até ela decidir). A derrota para Holm foi como uma morte para ela. Agora ela está em um lugar melhor - comentou.

Ronda Rousey voltou ao MMA no UFC 207 e acabou nocauteada em apenas 48 segundos pela brasileira Amanda Nunes, que defendeu o cinturão peso galo feminino do Ultimate.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos