Dirigente não se preocupa com 6 estrangeiros no Fla: "nada impede ter 10"

  • Pedro Vilela/Getty Images

    Guerrero é um dos seis estrangeiros do Flamengo

    Guerrero é um dos seis estrangeiros do Flamengo

A chegada de Conca não está condicionada à saída de um estrangeiro do elenco do Flamengo. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) permite que os clubes relacionem apenas cinco estrangeiros por partida, mas isso não preocupa o time rubro-negro, que tem seis atletas de fora do país no elenco: Donatti, Trauco, Cuéllar, Mancuello, Conca e Guerrero. O vice-presidente de futebol do clube, Flávio Godinho, minimizou a situação em contato com a reportagem do LANCE!.

"Essa questão dos estrangeiros precisa ser bem difundida: não há limites na Libertadores. No Brasileiro também você pode inscrever quantos quiser, desde que relacione até cinco por jogo. Nada impede que o Flamengo tenha dez estrangeiros no seu elenco", disse o dirigente.

O Flamengo ainda observa o mercado e tem o paraguaio Cecilio Dominguéz como uma das opções para reforçar o setor ofensivo. O jogador de 22 anos foi o artilheiro da última Copa Sul-Americana, pelo Cerro Porteño, mas está muito valorizado. O presidente do clube paraguaio disse, recentemente, que recebeu uma proposta oficial do Rubro-Negro.

Dos estrangeiros que terminaram a temporada anterior no Flamengo, somente Guerrero é titular. Cuéllar terminou o ano em baixa, tendo poucas chances com Zé Ricardo. Especula-se que o Atlético-MG esteja interessado no jogador, mas ainda não há nada oficial.

Quer receber notícias do Flamengo de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos