Leicester paga quase R$ 60 milhões e contrata volante nigeriano

  • Elisabetta Baracchi/ANSA via AP

    Wilfred Ndidi defendia o Genk, da Bélgica

    Wilfred Ndidi defendia o Genk, da Bélgica

O Leicester confirmou nesta quarta-feira a contratação do volante Wilfred Ndidi, de 20 anos, e que pertencia ao Genk. Os Foxes ainda não anunciaram o nigeriano oficialmente por estarem esperando a autorização de trabalho na Inglaterra para o jogador. De acordo com a imprensa inglesa, a transferência foi fechada em 15 milhões de libras (R$ 59,4 milhões).

O contrato do volante será de cinco anos e meio. Por meio das redes sociais, o Leicester elencou alguns pontos fortes do jogador. Entre eles que ele foi um dos principais nomes do Genk na fase de grupos da Liga Europa. Na competição, os belgas ficaram em primeiro no Grupo F, que tinha Athletic Bilbao, Sassuolo e Rapid Viena.

Pesou a favor da contratação de Ndidi a não participação da Nigéria na Copa Africana de Nações, que será disputada em janeiro e fevereiro e que já desfalcou o Leicester, que não terá Slimani e Mahrez (ambos na Argélia) e Amartey (Gana).

Além dos R$ 59 milhões gastos com Ndidi, a diretoria disponibilizou mais R$ 61 milhões para a chegada de reforços, para livrar o time do risco da queda para Segunda Divisão. O Leicester está na 15ª colocação na Premier League, com 21 pontos, seis a mais que o Sunderland, o primeiro da zona da degola.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos