Com poucas oportunidades no Flamengo, Marcelo Cirino é cogitado pelo Internacional

No meio de um contrato com o Atlético-PR, que dura até 2019, e emprestado ao Flamengo até o início de 2018, Marcelo Cirino pode jogar no Internacional este ano. A negociação é complicada, mas sua ida ao Colorado é de grande interesse do jogador e dos três clubes envolvidos.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o diretor-executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano, explicou a situação atual do jogador e como pode ser seu futuro caso o acordo seja realizado.

- O negócio do Cirino é complexo porque envolve muitas partes. O Flamengo o trouxe pelo apoio da Doyen Sports, quando ainda era possível. E ele, na verdade, tem vínculo federativo com o Atlético Paranaense. Temos contrato com o Cirino até início de 2018, um compromisso a honrar no ano que vem. São muitas partes, mas no que depender do Flamengo, já foi dito ao Inter, existirá muita boa vontade em aproximá-lo do Inter. Não por não existir interesse nele, mas por respeitar o Internacional e o atleta também demonstrar interesse. Como já foi dito, tem muito interesse do atleta em ter uma sequência maior.

O agente de Marcelo Cirino afirma que há interesse do jogador em atuar no Internacional em 2017.

- Há o interesse. O Marcelo está ansioso para chegar a este acordo e acertar a situação, por que ele quer muito ser jogador do Inter em 2017. É a opção número um para o Marcelo - disse Pablo Miranda.

Quando o jogador foi ao Flamengo, o fundo de investimento pagou 16 milhões de reais por 50% de seus direitos. Para não ser prejudicado e ressarcir o valor do investimento, o Flamengo precisa vendê-lo por pelo menos 3,5 milhões de euros, por volta de 12 milhões de reais, ou pode quitar a dívida com a Doyen, obtendo os direitos econômicos do atacante.

Segundo o jornalista Rodrigo Oliveira da Rádio Gaúcha, a contratação é interessante para todas as partes, já que Cirino tem passado grande parte dos jogos no banco de reservas do Flamengo, e pode ter a chance de entrar no Internacional ocupando a vaga de titular.

- O Marcelo Cirino teve bons momentos pelo Atlético-PR e no Flamengo sofreu com lesões e com a forte concorrência. Trata-se de um jogador de qualidade e que busca uma oportunidade para recuperar o prestígio nacional! Me parece ser um negócio bom para todas as partes. Pelas suas qualidades, Cirino seria titular no time colorado.

Atualmente, o Rubro Negro paga dois milhões por ano ao Atlético-PR pelo empréstimos e arca com o salário de cerca de 200 mil reais que o jogador recebe mensalmente. Segundo o acordo estabelecido entre as partes envolvidas, caso Marcelo Cirino seja vendido por 3,5 milhões de euros ou mais, o Flamengo terá direito a 20% da receita de transferência.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos