Palmeiras demite médicos e fará reformulação no departamento

O Palmeiras fará uma profunda reformulação em seu departamento médico. O clube anunciou nesta quinta-feira que os médicos Rubens Sampaio, Vinicius Martins e Otávio Vilhena foram desligados e que os substitutos serão anunciados em breve. O elenco se reapresenta na terça.

A decisão pegou os funcionários do clube de surpresa. Os resultados do DM em 2016 foram considerados muito satisfatórios internamente, com boa parte dos atletas lesionados retornando antes do período estipulado.

O setor era um dos mais criticados antes da chegada da atual diretoria de futebol, que investiu em estrutura humana e equipamentos para otimizar os trabalhos ligados à parte física dos jogadores. O discurso era de que o problema antes não era a capacidade dos médicos, mas a falta de estrutura para fazer o tratamento necessário.

Rubens Sampaio estava no Palmeiras desde 2006, mas já havia passado pelo clube entre 1997 e 2001. Vinicius Martins estava no Verdão desde 1997, enquanto Otávio Vilhena estava desde 2000.

Veja a nota do Palmeiras:

"A Sociedade Esportiva Palmeiras vem a público agradecer os serviços prestados pelos médicos Rubens Sampaio, Vinicius Martins e Otávio Vilhena, que foram desligados do clube nesta quinta-feira (05).

O Verdão deseja a eles sucesso na sequência de suas carreiras profissionais.

Os nomes dos novos funcionários serão anunciados em breve."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos