Santos e Barcos se acertam, mas dívida com o Vélez emperra negócio

O Santos apostou as últimas fichas na contratação do centroavante argentino Henán Barcos, que pertence ao Sporting (POR) e está emprestado ao Vélez Sarsfield (ARG). Em reunião em Buenos Aires nesta quinta-feira, o presidente Modesto Roma Júnior esteve com o jogador e seu irmão e representante, David Barcos. Um acordo por salários e luvas foi firmado, mas uma dívida do Vélez emparra o acerto definitivo.

Inicialmente, como confirmado pelo mandatário santista em entrevista à Rádio Bandeirantes, havia uma diferença de quase R$ 50 mil reais em salários entre o que foi proposto pelo Peixe e pelo pedido de Barcos. As partes costuraram um acordo e chegaram a um denominador comum pelos vencimentos mensais.

O Vélez Sarsfield, seu atual clube na Argentina, tem uma dívida com o centroavante de R$ 1 milhão de reais. Barcos e seu irmão esperavam que o Peixe assumisse o valor para concretizar o negócio, algo que Modesto descartou. O argentino, então, pediu um tempo para tentar negociar o pagamento por parte do Vélez.

Barcos já tinha quase tudo certo para se transferir ao Atlético Nacional, da Colômbia. O Santos, aproveitando ida à reunião de clubes na Argentina, aproveitou para tentar a última cartada pelo centroavante de 32 anos e até conseguiu convencê-loa mudar de ideia. O jogador, entretanto, só definirá seu futuro após o Vélez Sarsfield pagar o que deve.

Enquanto isso, o Peixe ainda mantém esperanças em acertar a contratação de Luis Fabiano, que tenta sua liberação do Tianjin Quanjian, da China. Além do Fabuloso, ídolo do rival São Paulo, outro argentino também interessa: Ezequiel Rescaldani, centroavante que pertence ao Málaga (ESP) e está emprestado ao Atlético Nacional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos