Antes da volta do presidente, Timão reúne diretores: finanças em pauta

Diretores de diversos departamentos do Corinthians realizaram uma reunião extraordinária no Parque São Jorge na noite da última quinta-feira, convocados pelo presidente em exercício do clube, André Luiz Oliveira, conhecido como André Negão. O encontro ocorreu sem a presença do presidente do clube, Roberto de Andrade, que passa férias nos Estados Unidos e retoma os trabalhos no Timão apenas na próxima terça-feira.

André Negão teve reuniões recentes com Emerson Piovezan, diretor de finanças do Corinthians, e expôs aos dirigentes de outras pastas preocupações a respeito do momento financeiro do clube. O vice-presidente, que retomou rotina no clube após meses de afastamento por conta da candidatura a vereador em São Paulo, cobrou maior contribuição às receitas do clube e redução de custos por parte das diretorias. Também houve manifestações de preocupação com os rumos do Timão, que até o momento tem atuação discreta na janela de transferências.

Os únicos reforços já anunciados pelo Corinthians para 2017 são Jô, que estava sem clube e chegou de graça, Luidy, que custará R$ 1,2 milhão parcelado ao clube paulista, e Kazim, com um valor bem próximo ao de Luidy. Além deles, Paulo Roberto, que virá de graça, já acertou. O clube negocia com outros jogadores, como Pablo, Willian Pottker e Gabriel, mas quase todos demandariam investimento financeiro em meio às dificuldades do clube.

A demora em busca de reforços para 2017 e as quase três semanas de afastamento das decisões do Corinthians farão Roberto de Andrade retornar pressionado ao Parque São Jorge. O momento conturbado se deve especialmente ao fato de que a reunião entre diretores, noticiada primeiramente pelo site "Meu Timão", ocorreu sem sua presença.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos