Desejo de Victor e dedo do presidente: a permanência do lateral no Botafogo

A novela envolvendo a permanência de Victor Luís teve um final feliz na última sexta-feira, com o acerto oficializado entre o lateral e o Botafogo. E dois foram os principais motivos da permanência do jogador de 23 anos em General Severiano para 2017: o desejo próprio do atleta e a ação do presidente Carlos Eduardo Pereira na hora de procurar o empresário de Victor e fechar negócio.

Todo o imbróglio anterior para a demora da negociação ser concretizada se deu pela falta de entendimento entre a diretoria e os representantes do jogador, em uma reunião que seria para sacramentar o negócio. Antes próximo, Victor Luís acabou sendo descartado pelo gerente de futebol do Botafogo, Antônio Lopes, pelo desacordo em relação aos valores pedidos.

Então aí entrou o presidente alvinegro. Era desejo de ambas as partes a permanência do jogador. Mesmo com sondagens de outros clubes, como Grêmio, Sport e Ponte Preta, Victor queria ficar no clube. Depois da falha de comunicação entre ambas as partes - com direito a carta do jogador por meio do seu Instagram - o presidente Carlos Eduardo Pereira tomou a frente do negócio e fechou com o empresário do lateral na manhã da última sexta-feira.

Um ponto importante é que Victor Luís tem os seus direitos divididos (60% do Palmeiras e 40% de um grupo de empresários). Toda confusão se deu também porque, no momento em que a diretoria entendia ser o da resolução, o grupo de empresários também quis elevar a pedida e lucrar com o negócio. Uma mudança na legislação esportiva poderia fazer os 40% relativos a este grupo serem anulados. Havia diferença salarial entre os desejos do Botafogo e do atleta, mas não era impeditivo. Quando clube e Victor fizeram valer o desejo mútuo, o consenso foi feito. E logo depois, com a compra da passagem de avião para Victor Luís e para o pai dele, já se sabia que o desfecho seria positivo tanto para o clube quanto ao atleta.

Victor já assinou a renovação com o Palmeiras e a extensão de empréstimo com o Botafogo por um ano. Com a renovação de empréstimo e a contratação de Gilson, o clube agora deve focar suas atenções na contratação de atacantes para fechar o elenco que iniciará a pré-temporada alvinegra no próximo dia 11 deste mês. A estreia na temporada é no dia 25, pelo Campeonato Carioca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos