Contra Zidane e F. Santos, Ranieri chega à premiação como favorito

Cada vez mais badalado, o cargo de técnico conhecerá seu melhor representante de 2016 nesta segunda-feira. Em cerimônia a ser realizada em Zurique (SUI), a Fifa irá premiar o melhor treinador do último ano. Os finalistas são Claudio Ranieri (Leicester), que é apontado como favorito na imprensa internacional, Fernando Santos (Portugal) e Zinedine Zidane (Real Madrid).

Até o credenciamento para o "The Best", o trio deixou para trás Chris Coleman (País de Gales), Didier Deschamps (França), Diego Simeone (Atlético de Madrid), Jürgen Klopp (Liverpool), Luis Enrique (Barcelona), Mauricio Pochettino (Tottenham) e Pep Guardola (Manchester City).

O prêmio de Melhor Treinador 2016 (Men's Coach Award 2016)

é escolhido através de um processo de voto combinado, sendo 50% da decisão baseada nas escolhas de capitães e técnicos de seleções nacionais mundo afora. Os outros 50% são divididos entre o resultado de votação público, via site da entidade, e um grupo de 200 representantes da imprensa dos seis continentes.

CLAUDIO RANIERI

Apontado como favorito pela imprensa europeia e pelas casas de apostas, Ranieri não chega com peso à toa. O técnico italiano conduziu o Leicester ao inédito e surpreendente título da Premier League da temporada 2015/16 - quando, em seu início, os Foxes eram apontados como candidatos ao rebaixamento. Sobre o prêmio, ele não tem se pronunciado.

FERNANDO SANTOS

Na seleção portuguesa desde o fim da última Copa do Mundo, Fernando Santos chegou após anos comandando a Grécia, justamente um algoz histórico dos lusitanos. Neste ano, o ótimo trabalho do treinador de 62 foi coroado com a inédita conquista da Eurocopa, em cima da anfitriã França.

- Como já disse em várias ocasiões, foi a coragem do presidente (da Federação Portuguesa de Futebol), num momento em que não era fácil, me convidar para treinador da seleção. (A indicação) É um prêmio para os portugueses - comentou o português.

ZINEDINE ZIDANE

Em sua primeira temporada como técnico da elite, Zinedine Zidane foi além das expectativas e, até hoje, causa alvoroço no Real Madrid. Sob o comando dos Merengues, ele conquistou a última Liga dos Campeões e Mundial de Clubes - além de estar invicto há 39 jogos, igualando um recorde de série sem derrotas na Espanha, que atualmente divide com o rival Barcelona.

- Estou melhor e aprendendo a cada dia. Passou-se pouco tempo para eu estar entre os nominados. Estou agradecido pela indicação, mas há muitos outros treinadores que deveriam estar antes de mim nesta lista. Estou aprendendo e desfrutando - analisou Zizou.

ÚLTIMOS VENCEDORES

2015 - Luis Enrique (Barcelona)

2014 - Joachin Löw (Alemanha)

2013 - Jupp Heynckes (Bayern de Munique)

2012 - Vicente del Bosque (Espanha)

2011 - Pep Guardiola (Barcelona)

2010 - José Mourinho (Inter)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos