Finalista pela 12ª vez, Marta busca seu sexto título de melhor do mundo

Melhor jogadora do futebol brasileiro de todos os tempos, Marta vai disputar o prêmio de melhor jogadora do mundo da Fifa mais uma vez. Nesta segunda feira, a camisa 10 estará presente na sede da entidade, em Zurique, na Suiça, para tentar voltar ao topo e garantir seu sexto prêmio.

Nos últimos 13 anos, Marta foi finalista por incríveis 12 vezes. Recordista com cinco premiações (foi a melhor do mundo entre 2006 e 2010), a atacante só ficou de fora do Top 3 na edição de 2015. Mas para repetir o primeiro lugar, a tarefa não será nada fácil. Apesar das boas apresentações no Rosengård, da Suécia, a jogadora ficou apenas com o quarto lugar nos Jogos Rio-2016, defendendo o Brasil, e tem fortes concorrentes.

A primeira adversária de Marta é a americana Carli Lloyd, do Houston Dash, e a atual melhor do mundo, além de ser a camisa 10 dos Estados Unidos, considerados a melhor seleção do futebol feminino. Outra forte concorrente é a alemã Melanie Behringer, que nunca recebeu a premiação, mas foi a artilheira e uma das responsáveis por guiar seu país a conquista do inédito ouro olímpico no Rio de Janeiro.

A vencedora de 2016 será a primeira da modalidade a levar o novo troféu para casa. A partir desta edição, a Fifa abandonou o antigo design, com a tradicional bola dourada, e adotou uma nova taça, mais alongada e em tom prateado. O nome do prêmio também deixa de ser "Bola de Ouro da Fifa" e será agora chamado de "Prêmio Fifa The Best".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos