Lutadora teve de assinar contrato de sigilo para treinar com Ronda Rousey

A nova derrota de Ronda Rousey no UFC gerou diversas dúvidas em relação a forma como acontecem os treinos de MMA da americana, especialmente quando se trata de trocação em pé. Raquel Pennington, lutadora do UFC, foi parceira de treinos da ex-campeã, mas não será ela que vai dar detalhes ao mundo. Ela não pode.

Em entrevista ao site da ESPN americana, Pennington revelou que Ronda pediu para que ela assinasse um contrato de sigilo para não divulgar qualquer detalhe sobre os treinos com a estrela do UFC.

- Eu realmente não posso falar sobre como foi o sparring (simulação de luta) ou o que fizemos. Ronda me pediu para assinar um contrato de sigilo, então eu assinei. Tudo o que posso dizer é que pude trabalhar com ela e foi um trabalho sólido. Não posso falar muito mais do que isso - explicou a lutador.

Raquel Pennington venceu Miesha Tate na decisão unânime dos juízes em sua última apresentação no octógono do UFC.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos