Brasileiros com grande expectativa para estreia no Mundial na França

A Seleção Brasileira Masculina de Handebol desembarcou nesta segunda-feira, em Paris (FRA), para o Campeonato Mundial. Nesta quarta-feira, pela segunda edição consecutiva, o Brasil fará o jogo de abertura da competição contra os donos da casa. Em 2015, no Qatar, enfrentou a equipe do Oriente Médio e, agora, encara a França. A Accorhotels Arena, com capacidade para 15.700 pessoas, provavelmente estará tomada, às 17h45 (horário de Brasília), por uma torcida calorosa para 'les bleus'. No entanto, isso não assusta os brasileiros, que veem como ponto positivo jogar a responsabilidade para os anfitriões, atuais campeões.

A equipe de Washington Nunes terminou no último domingo a disputa da Yellow Cup, na Suíça, torneio que serviu como preparação para o Mundial. Mesmo com alguns ajustes, a Seleção teve grandes atuações com duas vitórias, sobre Romênia e Eslováquia, e uma derrota apertada para os suíços. O resultado foi o segundo lugar do torneio e um ganho de confiança extra ao verem que estão no caminho certo.

O Brasil levou ainda o troféu Fair Play e Maik Santos foi eleito o melhor goleiro da competição. O veterano é um dos que se mostra bastante confiante, mesmo conhecendo muito bem a qualidade do primeiro adversário, que conta com alguns dos melhores atletas da atualidade, como Nikola Karabatic, Daniel Narcisse e o goleiro Thierry Omeyer.

- A França é uma equipe fortíssima. Ao longo do Mundial, nosso objetivo é dar o máximo dentro de quadra e conquistar algumas vitórias. Assim, os resultados vão aparecer com nosso rendimento e com a nossa entrega. Espero que façamos ótimos jogos para nos classificarmos entre os melhores do Mundial. Esse é o nosso sonho e nosso objetivo - afirmou Maik.

O defensor César Almeida, o Bombom, também se mostra bastante confiante.

- Nossa expectativa é sempre boa, ainda mais com uma estreia com o time da casa, em um ginásio com 15 mil pessoas contra. A responsabilidade é totalmente da França. Temos que fazer o nosso jogo e buscar o melhor resultado possível. Temos que dar 100% de olho na vitória.

Os franceses foram os adversários do Brasil nas quartas de final dos Jogos Rio-2016. Apesar de terminar em desvantagem, os brasileiros fizeram uma belíssima apresentação, surpreendendo os franceses, campeões em 2012.

- Acho que depois da Olimpíada, quando fizemos um jogo muito duro, eles sabem ainda mais do nosso potencial. Aqui temos 11 atletas que estavam no Rio, e os que chegaram estão agregando muito valor também - acrescentou Bombom.

As equipes fazem parte do grupo A, que conta ainda com Polônia, Japão, Noruega e Rússia. Neste sábado, o Brasil enfrenta a Polônia, às 11h45, no domingo, o Japão, às 17h45, na terça-feira, será a vez da Noruega, às 11h, e na quarta-feira, os adversários serão os russos, no mesmo horário. O Mundial terá transmissão dos canais SporTV e ESPN.

Convocados

Goleiros: César Augusto de Almeida 'Bombom' (OIF Arendal-Noruega) e Maik Santos (AL-Rayyan-Qatar).

Armadores: Gabriel Ceretta Jung (FC Barcelona-Espanha), Haniel Lângaro (BM Naturhouse La Rioja-Espanha), José Guilherme de Toledo (Orlen Wisla Plock-Hungria), Oswaldo Maestro Guimarães (Anaitasuna-Espanha), Thiago Alves Ponciano (BM Ciudad Encantada-Espanha) e Thiagus Petrus Gonçalves dos Santos (Mol-Pick Szeged-Hungria).

Centrais: Henrique Teixeira (CB Huesca-Espanha) e João Pedro Francisco da Silva (Chambery Savoie Handball-França).

Pontas: Claryston David Cordeiro Novais (ADJF/Independência Trade-MG), Fábio Chiuffa (KIF Kolding Kobenhav-Dinamarca), Guilherme Torriani (Vegus/Guarulhos-SP) e Lucas Cândido (BM Guadalajara-Espanha).

Pivôs: Alexandro Pozzer (Fertiberia Puerto Sagunto-Espanha) e Rogério Moraes (WC Vardar-Macedônia).

Técnico: Washington Nunes

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos