Ex-dirigente do Corinthians vê naufrágio do São Paulo e ironiza Ceni

O ex-diretor de marketing do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, comemorou o "naufrágio" do São Paulo. O ex-dirigente deixou o Timão em 2012, mas tentou voltar ao clube agora ao lado de Andrés Sanchez em um "governo compartilhado".

- Para o Corinthians é muito melhor que o Palmeiras esteja assim, porque o gosto que a nossa torcida tem de encontrar um adversário como eles é grande. Mas a gente curte o naufrágio do São Paulo, que era o exemplo. Para nós é motivo de grande alegria. A soberba do torcedor deles em relação aos maloqueiros é algo que machuca muito a gente - disse Rosenberg, em entrevista à Rádio Bradesco Esportes.

Rosenberg também ironizou a escolha do ex-goleiro Rogério Ceni como técnico do São Paulo nesta temporada. Ele também lembrou as escolhas do inglês Michael Beale, que será auxiliar de campo, e do francês Charles Hembert, que atuará como supervisor de futebol.

- Quando a gente vê que eles estão tentando transformar um goleiro calouro em técnico, com dois gringos, achando que vai salvar tudo... Vai ser muito divertido. Vai ser uma forma de a gente consolar as mágoas - afirmou Rosenberg, antes de ser questionado se ele realmente acha que Ceni não dará certo como treinador.

- Milagre existe. Mas se alguém me disser que você passa de goleiro a técnico de time de primeira linha sem treinar um pouco na Ferroviária, eu vou ficar muito surpreso - declarou.

Luis Paulo Rosenberg retornaria à direção de marketing no Timão após quatro anos caso o presidente Roberto de Andrade aceitasse a proposta de Andrés Sanchez de um "governo compartilhado" no clube. No entanto, o atual mandatário rejeitou a ideia de formar uma nova diretoria para contornar a crise política no clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos