Colmán avisa Nacional de acerto com São Paulo e nega ida aos EUA

Segue a novela sobre o destino de Christian Colmán. Nesta quarta-feira, o atacante teve reunião com a diretoria do Nacional (PAR) e avisou que já se acertou com o São Paulo para atuar no Brasil nesta temporada. Além disso, rejeitou a hipótese de se transferir para o futebol dos Estados Unidos, como os cartolas do Nacional têm forçado.

O São Paulo continua confiante no caso e trata a chegada de Colmán como algo iminente. No Morumbi, anunciar o centroavante de 22 anos é apenas uma questão de tempo. O empresário Régis Marques e o investidor Odair dos Santos, dono do 3 de Febrero (PAR) e de 50% dos direitos econômicos do jogador, também são favoráveis ao negócio com o Tricolor.

A proposta paulista é US$ 1,1 milhão (cerca de R$ 3,5 milhões, com quase 70% do valor pago à vista). Colmán já acertou tudo com o São Paulo e mandou até um parente para conhecer as instalações do CT da Barra Funda. O Nacional, no entanto, bate o pé e tenta convencer o jogador a aceitar proposta feita pelo Dallas FC, que disputa a Major League Soccer (MLS) nos Estados Unidos.

Os americanos oferecem pagamento inteiro à vista e com valor ligeiramente superior ao oferecido pelo Tricolor. A reação do atacante foi drástica sobre não ir à MLS, reforçando o desejo de deixar o Paraguai para atuar no Brasil imediatamente. O Nacional ainda quer manter o jogo duro por mais alguns dias, mas a vontade de Colmán deve prevalecer.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos