Palmeiras recebe indenização de R$ 500 mil da Fifa por lesão de Prass

O Palmeiras irá receber da Fifa cerca de R$ 500 mil por conta da lesão de Fernando Prass nos treinos da Seleção antes da Olimpíada. A organização que comanda o futebol tem desde 2012 um mecanismo para proteger clubes que cedem atletas às equipes nacionais, e a indenização para o Verdão é o primeiro caso ligado aos Jogos Olímpicos. A informação é do "GloboEsporte".

O cálculo para este pagamento é baseado no salário do jogador, sem contar direitos de imagem. A maior parte já foi depositada, e toda a quantia será recebida pelo atual campeão brasileiro até o fim deste mês.

Prass foi um dos jogadores acima de 23 anos convocados para os Jogos do Rio de Janeiro, e seria o titular na campanha. Durante os treinos, o goleiro voltou a sofrer uma fratura no cotovelo direito, no fim de julho, e teve de passar por uma cirurgia no local, assim como já havia acontecido em 2014.

Ele recuperou-se em pouco menos de quatro meses, a tempo de jogar os últimos minutos da partida contra a Chapecoense, que garantiu ao Verdão o título brasileiro. Durante sua ausência, Jailson foi o titular na maior parte do tempo e eleito o melhor da posição no campeonato. Apesar da ótima fase do camisa 49, a expectativa é de que o ídolo retome a vaga agora.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos