Diretor do Corinthians cita Fenômeno e admite negociação para ter Drogba

O marfinense Didier Drogba, de 38 anos, pode ser reforço do Corinthians em 2017. O que antes era somente um plano elaborado pelo departamento de marketing e sonho distante de diversos profissionais do clube, agora é realidade. O presidente Roberto de Andrade convocou uma reunião com o diretor de futebol Flávio Adauto e o gerente Alessandro Nunes para discutir a viabilidade da contratação do estrangeiro para 2017. De acordo com Adauto, aliás, sábado será o dia D para a confirmação do acordo com Drogba.

- Estou indo em reunião com Alessandro na presidência, temos uma série de assuntos a responder. O que existe de Drogba é uma ação de marketing e nós do futebol vamos aguardar o que vai acontecer, se é uma boa ou não. No passado tivemos problemas com desconfiança com Ronaldo Fenômeno, e foi fantástico. Até ontem (quinta-feira) era informação vaga que a partir de hoje (sexta) o presidente passou a tocar. Nós estamos vendo que viabilidade existe nesta ação de marketing ser integrada ao futebol. Amanhã (sábado) é o dia - disse Flávio Adauto, que no dia anterior havia negado a possibilidade de contratar Drogba em entrevista ao jornal "Estado de São Paulo".

- Sempre relevo vontades pessoais em função do coletivo e do Corinthians ter seus problemas solucionados. Não mudei de posição, não fui contra, não sou contra, só não tinha conhecimento da ação de marketing. O presidente está cuidando - disse.

A possibilidade de contratação de Drogba acentuou um racha interno que o Corinthians vive entre dois departamentos estratégicos. Enquanto o setor de marketing deseja o marfinense no elenco e corre atrás de estratégias financeiras, o departamento de futebol tem restrições quanto ao estado físico de Drogba e também teme complicações no ambiente interno com a presença de um astro. Isso tudo sem contar a questão política: pessoas próximas ao presidente Roberto de Andrade acham que uma negociação tão arriscada pode manchar ainda mais a gestão se der errado.

O Corinthians tem um representante ativo nas negociações com Drogba, que acenou positivamente às primeiras conversas. Este emissário, aliás, está esperando somente o sinal verde da diretoria para viajar à Inglaterra e exibir a proposta do Timão: um ano de contrato por cerca de R$ 5,5 milhões. Deste valor, boa parte será obtida com receitas de ações de marketing e exploração da imagem de Drogba, que terá aditivos por produtividade.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos