'Enquanto não finalizar, ele continua sendo nosso jogador'

A trama de Marinho continua. Nesta sexta, o presidente do Vitória, Ivã de Almeida, afirmou que recebeu um depósito referente a contratação do jogador, que está com quase tudo certo para defender o Changchun Yatai, da China.

Com a venda, o Vitória, que tem 50% dos direitos de Marinho, vai receber 2,5 milhões de euros e o Cruzeiro fica com 30%. No total, a multa recisória do jogador é de 5 milhões de euros, cerca de 17 milhões de reais.

- Enquanto não finalizar, ele continua sendo nosso jogador. O pagamento ainda não foi identificado, mas tem a sinalização de que houve o pagamento. Vamos exigir também o documento com o Cruzeiro. - afirmou o presidente após a coletiva de apresentação do meia Leonardo Pisculichi.

Ainda esta semana, Marinho viaja para Dubai, onde vai realizar exames médicos e assinar o contrato para começar a treinar com o time que já iniciou os trabalhos para a pré-temporada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos