Wenger nega que Özil tenha exigido sua permanência para renovar

Neste sábado, o Arsenal visita o Swansea pela 21ª rodada da Premier League. Por conta do confronto, Arsène Wenger concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, mas o principal assunto não foi o confronto pelo Campeonato Inglês. O treinador foi sabatinado quanto à negociação para renovação com o alemão Özil.

Em uma entrevista recente, o jogador afirmou que ficaria mais tempo no Arsenal se Wenger também se comprometesse a seguir no comando do time londrino, como já o faz há 20 anos. Mas o treinador foi contundente.

- Acho que Özil foi mal interpretado. Não penso que isso seja o principal tópico de sua decisão. Pode até ser parte, mas não é o principal. Nós sempre conversamos, converso mais com o agente dele sobre o contrato do que com ele. Há muitos ingrediantes em uma renovação e espero que essa tenha um final feliz - disse.

O Arsenal negocia as renovações de Özil e Sánchez, dois dos pilares do time, mas já acertou o prolongamento dos vínculos dos franceses Laurent Koscielny, Olivier Giroud e Francis Coquelin. Wenger afirmou que o clube segue negociando com outros jogadores do elenco.

- É importante que tenhamos estabilidade em nossa equipe, e eles são parte disso. Estamos no processo com outros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos