Tianjin Quanjian se prepara para pagar R$ 313 mi por Diego Costa

O futuro de Diego Costa é incerto depois que Antonio Conte o deixou fora do jogo contra o Leicester City, neste sábado (14), pela 21ª rodada da Premier League. Nessa sexta-feira, Jorge Mendes, agente do jogador se reuniu com diretores do Tianjin Quanjian, da China, e iniciou negociações para levá-lo ao futebol asiático, segundo o jornal Evening Standard, da Inglaterra.

O clube, que conta com Jadson, Geuvânio, Axel Witsel e o técnico Fabio Cannavaro, pretende a contratação do jogador com o intuito de se reforçar para a Chinese Super League.

Os chineses pretendem desembolsar 570 mil libras (R$ 2,2 milhões) por semana para contar com o jogador em definitivo. Atualmente, ele fatura um terço disso no Stamford Bridge.

O Tianjin Quanjian ainda cogita desembolsar 80 milhões de libras (R$ 313 milhões) para que o Chelsea aceite a sua liberação. Contratado junto ao Atlético de Madrid em 2014, Diego Costa custou 32 milhões de libras aos cofres dos Blues.

O centroavante é o atual artilheiro da Premier League, com 14 gols assinalados em 19 partidas (todas na condição de titular). Ele é seguido de perto por Alexis Sánchez, Ibrahimovic e Harry Kane, todos com um a menos que o principal jogador do time londrino na atual temporada europeia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos