Lucas Lima rejeita nova oferta da China e decide continuar no Santos

  • Ivan Storti/ Santos FC

Pela segunda vez, o Hebei China Fortune (CHN) fracassou ao tentar contratar o santista Lucas Lima. Na última semana, o meia-atacante recusou uma nova investida do clube asiático e ela sequer foi formalizada à diretoria do Peixe.

Assim que recebeu a oferta, Lucas se reuniu com a família e deixou muito claro o desejo de permanecer na Vila Belmiro para a disputa da Copa Libertadores. A saída dele, no entanto, ainda não é descartada caso receba propostas mais interessantes de clubes europeus.

O Hebei China Fortune é o mesmo clube que procurou o jogador no início de 2016. Naquela ocasição, os chineses ofereceram o salário de mais de R$ 4 milhões. Em 2015, o Santos também chegou a recusar uma oferta de 20 milhões de euros (cerca de R$ 71 milhões na cotação atual) do Porto pelo atleta.

Com vínculo até dezembro de 2017, Lucas Lima é o caso mais complicado para a diretoria do Peixe convencer a continuar no clube. Publicamente, o camisa 20 nunca escondeu o desejo de jogar fora do Brasil e, nos últimos meses, chegou a selar uma parceria com a empresa de Neymar para intensificar a busca por uma equipe no mercado internacional.

Como se isso não bastasse, como prevê o contrato firmado entre as partes, o Alvinegro seria obrigado a ressarcir o Doyen Sports porque não negociou o meia no fim do ano passado. O clube, porém, briga na justiça para reverter essa cláusula e propõe que o Doyen ceda parte de seus direitos.

Modesto diz que renovações estão adiantadas

Além de Lucas Lima, o goleiro Vanderlei e o atacante Ricardo Oliveira possuem contrato até o fim da temporada. O Santos, no entanto, não se preocupa com tais situações e garante que a conversa com ambos estão bem adiantadas.

"Estão bem encaminhadas dentro do possível. Temos 350 dias para resolver isso", afirmou o cartola na última semana.

A renovação de Vanderlei está bem próxima de acontecer, e o contrato dele deve ser prolongado até o fim de 2021. Ele foi um dos destaques da campanha do vice-campeonato brasileiro e dono do maior número de defesas entre os 20 clubes da Série A.

Ricardo Oliveira também não deve ser problema. O atacante de 36 anos já afirmou que se sente bem fisicamente e que não pensa em se aposentar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos