Sensação do Flamengo faz gol de peito e time elimina o Cruzeiro

Flamengo e Cruzeiro se enfrentaram neste domingo pelas oitavas de final da Copa São Paulo, e fizeram uma partida digna do clássico que é. O Rubro-Negro acabou saindo com a vitória por 2 a 1, com direito a gol de peito marcado nos acréscimos por Vinícius Júnior, sensação do clube neste torneio.

O Flamengo terá pela frente outro clássico nacional, independente de quem vier. Na próxima quinta-feira, o Rubro-Negro enfrenta o vencedor do jogo entre Corinthians e Internacional, que será nesta segunda-feira na Arena Barueri.

Logo no início, o Cruzeiro acertou um forte chute na trave com Thonny Anderson. Os dois times buscaram o ataque desde o início em Osasco, embora a Raposa ainda estivesse melhor. Aos poucos, o Flamengo se soltou mais e o jogo ficou equilibrado.

Logo aos 20 minutos, Thiago Souza, do Cruzeiro, sentiu dores na coxa direita e saiu do jogo chorando. Natan entrou em seu lugar. O Flamengo cresceu, e a melhor chance veio em lance curioso. O goleiro Jonathan demorou demais para se livrar da bola, Lincoln chegou a escorar, mas foi para fora. O Rubro-Negro ainda criou outras oportunidades na sequência.

A resposta do Cruzeiro veio pouco depois em cruzamento pela direita, em quase quase o zagueiro Dener fez contra. O jogo era bem em Osasco. O Flamengo ficou muito perto do gol pouco depois com Lincoln, e Tonhão salvou praticamente em cima da linha.

Na volta do segundo tempo, uma rápida confusão. Dois jogadores do Flamengo entraram com a camisa 25. Vinícius Souza trocou, pegou a 23, e ainda tomou cartão amarelo. Detalhe: ficou suspenso. Mas em campo, o Rubro-Negro era melhor e seguia criando chances.

Até que saiu o gol. Após boa jogada de linha de fundo, veio o toque pelo alto para Jean Lucas, que dominou e chutou com precisão para abrir o placar. O Flamengo continuou bem e criou outras chances, mas não aproveitou. O Cruzeiro acabou empatando já na reta final.

Em cobrança de escanteio, a marcação rubro-negra falhou e Tonhão subiu alto para cabecear e marcar. O jogo ficou franco, e qualquer um poderia vencer. Quando todos já pensavam na disputa dos pênaltis, novo gol do Flamengo.

Nos acréscimos, em cobrança de escanteio, Dener desviou no meio do caminho e Vinícius Júnior, em posição duvidosa, tocou de peito para o gol. Jonathan não segurou e o Flamengo garantiu sua classificação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos