Capitão do West Ham diz que está 'furioso e decepcionado' com Payet

A situação criada por Dimitri Payet no west Ham criou um mal-estar também no vestiário. O capitão da equipe, Mark Noble, admitiu que não fala mais com o jogador, que se recusou a jogar novamente pelo clube, pedindo para ser negociado.

- Não vou comentar sobre os motivos pelos quais ele quer sair, mas sei que quando alguém não quer continuar a jogar pela equipe, o melhor é mesmo que não jogue - disse Noble ao jornal inglês 'Daily Mail'.

O jogador francês de 29 anos renovou seu contrato com os londrinos até 2021 há menos de um ano, mas disse que não está satisfeito com o momento atual de sua equipe.

- Estou furioso e desapontado, porque disse sempre que ele é um dos melhores futebolistas com que tive a oportunidade de jogar. Tinha, e digo tinha porque praticamente não falei com ele nas últimas duas ou três semanas, um relacionamento fantástico com ele, mas desconheço quais são os motivos dele (para agir assim).

Noble ainda reforçou seu apoio ao treinador Slaven Bilic, que decidiu afastar o jogador da equipe, o colocando para treinar com os atletas do sub-23.

- Eu acho que o treinador tomou a decisão certa. Porque é difícil. Você precisa ganhar jogos e, se o seu melhor jogador não quer jogar pela equipe, então obviamente ele tem de fazer alguma coisa em relação a isso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos