Rômulo chora em apresentação e diz estar realizando sonho do pai rubro-negro

A emoção tomou conta da apresentação do volante Rômulo, na manhã desta segunda-feira, no Ninho do Urubu. O jogador de 26 anos vestiu a camisa do clube ao lado do presidente Eduardo Bandeira de Mello e do diretor executivo Rodrigo Caetano e caiu no choro durante a entrevista. Ao responder a perguntas sobre a família e a cidade natal, de Picos, no Piauí, o reforço foi às lágrimas. O pai dele é rubro-negro.

- Meu pai só faltou chorar de emoção (quando soube do acerto com o Flamengo). Minha cidade é muito pequena, quando falo da minha família, é uma emoção muito grande. É muito difícil de sair de lá para realizar não só o meu sonho, mas o de muita gente. Espero dar alegrias para o torcedor flamenguista - disse o atleta, chorando muito.

Rômulo vestirá a camisa 27 nesta temporada. Ele ainda não tem ideia de quando poderá entrar em campo pelo Flamengo, mas diz que esteve mantendo a forma física durante as férias.

- Estou me sentindo bem, treinei nas férias. Sempre que podia, estava tentando fazer alguns treinamentos para não começar do zero. Fiz alguns testes para estar preparado o mais rápido possível - disse.

NADA DE POLÊMICA COM O VASCO

Revelado para o cenário nacional pelo Vasco, Rômulo foi muito xingado por torcedores do Cruz-Maltino nas redes sociais quando houve o anúncio oficial de sua chegada ao Flamengo. Em sua apresentação no Ninho, o volante não se mostrou incomodado com isso.

- Vi sim alguns torcedores me criticando. Quando demonstrei interesse em voltar ao Brasil, o Flamengo estendeu a mão. O Flamengo é um grande clube, ainda mais com a estrutura que está me proporcionando. A gozação vai sempre existir, estamos preparados para isso - comentou o jogador, que disse não ter sido procurado pelo ex-clube.

- Para mim, não chegou nada do Vasco - garantiu.

PRIMEIRO OU SEGUNDO VOLANTE, TANTO FAZ

Rômulo foi contratado para, teoricamente, ocupar um espaço no time titular, como primeiro volante. Isso porque Márcio Araújo não conta com a simpatia de boa parte da torcida rubro-negra. Em sua apresentação, o novo volante do Flamengo foi perguntado se prefere jogar como primeiro ou segundo homem do meio campo.

- Lá na Rússia, variava muito, pois eu jogava de primeiro e segundo volante. Aqui, jogando de primeiro ou segundo, vou querer estar jogando, podendo ajudar meus companheiros - contou o cabeça de área.

Humilde, Rômulo falou brevemente sobre a disputa por espaço com Márcio Araújo e os outros jogadores.

- Todos querem jogar. Vou procurar meu espaço, assim como eles também vão buscar o deles - ponderou.

Em seu melhor momento na carreira, Rômulo defendeu a Seleção Brasileira. Como era de esperar, o retorno à Amarelinha é um objetivo do novo camisa 27 do Flamengo.

- Estou num clube de grande visibilidade. Da minha parte nunca faltará vontade e comprometimento para dar alegrias aos torcedores rubro-negros e também para chegar à Seleção Brasileira - garantiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos