São Paulo destaca preparador de Ceni formado na base: 'Made in Cotia'

Uma das caras novas na nova comissão técnica capitaneada pelo técnico Rogério Ceni, Pedro Campos ganhou destaque no site oficial do São Paulo. Assim como algumas revelações do clube, o preparador físico iniciou a sua trajetória nas categorias de base, no CFA de Cotia. Formado em educação física e pós-graduado em fisiologia do exercício, Campos trabalhou em todas as categorias da base - do Sub-13 ao Sub-20 - e em 2017 completará dez anos de clube. O Tricolor exaltou a relação "Made in Cotia" do novo profissional.

- Cheguei ao São Paulo em 2007, como estagiário, e passei por todas as categorias até chegar ao Sub-20. O legal de todo este processo é que consegui desenvolver este trabalho em ordem cronológica, porque subi de categoria pouco a pouco. O trato com os atletas, em cada categoria, exigiu que eu me especializasse cada vez mais - afirmou Campos.

Em 2016, com uma das gerações mais vencedoras na história da base são-paulina, Pedro Campos era um dos responsáveis pelo condicionamento do time sub-20 que conquistou cinco títulos. O trabalho desenvolvido no CFA rendeu uma oportunidade no elenco principal no início de 2017. O técnico Rogério Ceni, que acompanhou de perto a trajetória da garotada, convocou o preparador físico para reforçar a nova comissão técnica.

- É uma oportunidade incrível. O Rogério queria contar com profissionais de Cotia no time principal, e estou contente com esta chance única. Quero aproveitar este momento para ajudar o São Paulo. Estou confiante no trabalho do Rogério, e acredito que o São Paulo tem grandes chances de retomar o caminho das conquistas - declarou o preparador.

Em Bradenton, onde o São Paulo faz a pré-temporada, o membro da comissão técnica tem condicionado o elenco são-paulino ao lado do preparador físico Zé Mário Campeiz, que já tem mais tempo de casa no profissional.

- Nas férias, os jogadores perdem as capacidades físicas. Então, temos trabalhado intensamente para que eles melhorem o condicionamento físico. Eles têm treinado bem e já respondem positivamente - disse Campos.

O profissional também destacou o fato de ter sido formado em Cotia.

- O CFA tem muitos funcionários competentes. Espero ser um espelho para quem está lá, porque quero fazer um grande trabalho aqui para que outros possam receber esta oportunidade também. Esta cultura do clube de ter a base perto do profissional é importante. Acredito muito neste conceito de acreditar em profissionais formados no clube, porque isso facilita bastante a relação entre a base e o principal. Isso é muito comum na Europa, e vejo o São Paulo no caminho certo - finalizou.

Rogério Ceni tem dado uma atenção especial às categorias de base. Comandante do time sub-20, André Jardine disse que nenhum outro treinador deu tanta abertura à Cotia quanto o ídolo do clube desde que ele chegou ao clube para a base, em janeiro de 2015. Para os Estados Unidos, Ceni promoveu o goleiro Thiago, o lateral-direito Foguete, o esquerdo Júnior, o volante Araruna e o meia Shaylon.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos